text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Saiba como ter um bom rendimento nos cursos online

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

Aproveitando o período de férias da universidade, muitos estudantes inscrevem-se em cursos online para aumentarem a sua bagagem cultural e os conhecimentos dentro da área que pretendem aprofundar. Além disso, torna-se um elemento diferenciador no currículo profissional.

 

Leia também:
» Quer escrever bem? Conheça ferramentas online que o podem ajudar
» Leia mais rápido e de maneira aprofundada nas férias
» Dicas para melhorar a sua organização na escola

 

 

No entanto, muitas vezes os alunos acabam por se distrair durante o curso com outros sites, o Facebook e/ou o Twitter. Assim, é importante que se organizem para não serem afetados por isso e assim consigam obter um rendimento positivo do curso. Pensando nisso, consulte as dicas para perceber se está a conseguir aproveitar as aulas:

 

1- Avalie as habilidades e estabeleça objetivos

A melhor forma de avaliar os progressos dos alunos é através de ferramentas onlines, que vão garantir o sucesso das aulas virtuais. Quizzes e vídeos Q&A são ótimos para a avaliação e, se usados corretamente, mantém os alunos interessados e concentrados. É essencial que os professores façam perguntas sobre os conteúdos apresentados na sala de aula virtual. Com estas estratégias, os professores são capazes de criar aulas personalizadas, estabelecer objetivos e dar mais responsabilidades aos alunos para melhorarem por si só o conhecimento.

 

2- Amplie as formas de obtenção de aprendizagem

Um método para atrair a atenção dos alunos é a criação de formas personalizadas de aprendizagem. Alguns trabalhos podem ser em grupos, outros individuais, para despertar habilidades diferentes nos discentes. A Universidade de Maryland recomenda que os professores invistam em alternativas tradicionais somadas a outras diferenciadas, como por exemplo, jogos. Os professores conseguem melhores resultados dos alunos quando apresentam situações reais que se relacionam com o conteúdo dado na aula.

 

3- Previna a zona que não faz mais efeito

Uma das formas para evitar o desinteresse dos alunos é a transmissão de vídeos online. Assim, os estudantes mantêm-se focados e previne a zona que não tem mais efeito. Segundo alguns estudos, as instruções visuais deixam os estudantes mais interessados e conectados com a aula em um nível pessoal. 90% dos alunos acreditam que os vídeos melhoram a aprendizagem. Além disso, a maioria prefere que a manutenção de discussões online entre alunos e professor por videoconferência.

 

4- Estabeleça opções flexíveis de aula

As novas tecnologias podem ser usadas para dar aos alunos mais flexibilidade de quando e onde podem aprender. Desta forma, os alunos são capazes de escolher fazer os seus trabalhos quando estão mais focados e, consequentemente, conseguem obter resultados mais produtivos. Estudos da Universidade de Michigan mostram que a quantidade de horas dormidas pelos alunos tem implicações na memória e no desempenho, gerando maior sucesso académico. Além disso, os estudantes costumam passar mais de 14 horas a usufruir das novas tecnologias e, por isso, cada um tem mais liberdade para escolher a plataforma que preferir para aceder às salas de aula virtuais. Assim, os horários escolhidos pelos estudantes são aqueles em que cada um se sente mais alerta e descansado.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.