text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

André Dias, do ISCTE, vence Prémio Primus Inter Pares

      
Fonte: Divulgação
André Dias, de 22 anos, é o grande vencedor da 13ª edição do Primus Inter Pares. O anúncio foi feito na noite de ontem, na Gala Primus Inter Pares, que se realizou num hotel em Lisboa. O Prémio é uma iniciativa conjunta do Banco Santander Totta e do jornal Expresso.

Leia também:
» Conheça os mestrados da Universidade da Madeira
» Consulte a taxa de empregabilidade das graduações portuguesas
» Ano Zero da UAlg está com inscrições abertas

André Dias tirou o curso e mestrado de Economia no ISCTE Business School. É técnico superior no Departamento de Estatística do Banco de Portugal. Está a finalizar a tese de mestrado, depois de ter feito uma pós-graduação em Sistemas Estatísticos na Universidade Nova de Lisboa. Mariana Carriço, licenciada pela NOVA e finalista de mestrado em Gestão pela Católica, ficou em 2º lugar, enquanto Gonçalo Vieira da Luz, licenciado em Economia pela NOVA e mestre em Finanças pela mesma universidade, foi o 3º classificado.

Os três estudantes destacaram-se entre cerca de cem concorrentes ao Prémio e terão agora a oportunidade de frequentar um MBA numa Business School internacional, podendo escolher entre o IESE, em Barcelona, e o IE, em Madrid. Entre as Business Schools portuguesas, os vencedores podem escolher o Lisbon MBA (Universidade Católica e Universidade NOVA), o ISCTE, o ISEG e ou a Porto Business School.

Os outros finalistas foram Catarina Ribeiro da Católica Lisbon School of Business and Economics e Afonso de Frias Gomes do Instituto Superior Técnico. Ambos os finalistas recebem uma pós-graduação.

O Primus Inter Pares é um prémio de excelência, que tem distinguido e premiado os melhores estudantes economistas, gestores e engenheiros, concedendo-lhes acesso a uma formação académica complementar de grande prestígio. O Prémio foi criado pelo Banco Santander Totta e pelo Jornal Expresso, com o objectivo de contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de rigor, de profissionalismo e de excelência na gestão de empresas. Todos os anos são escolhidos os três melhores finalistas de cada uma das áreas referidas, tendo por base critérios de avaliação como as capacidades de liderança, de iniciativa e de trabalhar em equipa, fundamentais para encontrar os líderes de amanhã.

O Júri do Prémio é composto pelo Dr. Francisco Pinto Balsemão (Presidente), Dr. António Vieira Monteiro (Vice-Presidente), Dra. Estela Barbot, Dra. Raquel Seabra e Dr. António Vitorino.

O Prémio Primus Inter Pares insere-se no âmbito da política de responsabilidade social do Banco Santander Totta, que tem como principal área de intervenção o apoio ao Conhecimento e ao Ensino Superior.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.