text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como melhorar a produtividade nos estudos

      
Deixar de comer ou de dormir bem para estudar pode ser um erro grave
Deixar de comer ou de dormir bem para estudar pode ser um erro grave
    • Planeie as matérias que terá que estudar durante o dia e tente seguir a lista estipulada.
    • Quantas vezes espreita as redes sociais durante os períodos de estudo? Evite ao máximo este comportamento.
    • Tente programar pausas frequentes entre um bloco e outro para tomar um café, por exemplo, a fim de não sobrecarregar a sua mente.

O que está a fazer para tornar a sua rotina de estudos mais produtiva? Ter bons hábitos de organização é uma das dicas para se obter um maior rendimento e alcançar as metas e objetivos. Conheça a seguir 8 passos que o vão ajudar a obter o maior desempenho possível no processo de aprendizagem:

Se está agora a começar o seu primeiro estágio e não sabe como impressionar o seu chefe, consulte as dicas a seguir:

1 - Liste as tarefas

Assinalar as tarefas já realizadas numa lista aumenta a motivação e consequentemente a produtividade. Com os estudos, a ideia é a mesma. Planeie as matérias que terá que estudar durante o dia e tente seguir a lista estipulada. Assim, diminuirá também as hipóteses de se esquecer de algo importante.

2 - Desconecte-se

Computadores, tablets e telemóveis podem ajudar muito durante o processo de aprendizagem, mas, por outro lado, também podem ser grandes distrações em alguns momentos. Tente afastar-se dos dispositivos eletrónicos sempre que estejam a interferir na sua concentração. Quantas vezes espreita as redes sociais durante os períodos de estudo?

Gostavas de tirar um curso online?

Temos a solução para ti

3 - Valorize os pequenos pormenores

É importante treinar o seu olhar e a sua atenção para os conteúdos que são mais complexos. Muitas vezes, um pequeno detalhe num conceito ou fórmula pode prejudicar o seu rendimento na prova.

4 - Os intervalos são essenciais

Tente programar pausas frequentes entre um bloco e outro para tomar um café, por exemplo, a fim de não sobrecarregar a sua mente. Não se esqueça que o seu cérebro é como um músculo, portanto, precisa de se exercitar para se tornar mais forte, mas também de pausas para recarregar as energias.

5 - Descubra os seus momentos mais produtivos

Já parou para avaliar qual é o período do dia em que é mais produtivo nos estudos? Caso seja a parte da manhã, por exemplo, tente otimizar e programar as suas tarefas para este horário. O seu estudo irá render muito mais.

6 - Organize o ambiente de estudo

Livros em excesso e pilhas de papel em cima da mesa podem diminuir a sua produtividade. Nesse sentido, crie sistemas de organização para deitar fora o lixo é uma maneira de manter o seu ambiente de estudo sempre organizado e aconchegante.

7 - Respeite os fatores fisiológicos

Deixar de comer ou de dormir bem para estudar pode ser um erro grave, afinal, os fatores biológicos influenciam bastante o nosso bem-estar. Portanto, tente comer alimentos saudáveis, beber bastante água, dormir a quantidade de horas necessárias e praticar exercícios.

8 – Procure o sossego

Dificilmente conseguirá gravar uma fórmula de física com música na sala ou alguém a gritar no quarto ao lado. Quando estiver a estudar em casa, tente isolar-se dos restantes membros da sua família e avise-os que não deseja ser perturbado. Caso isso não seja possível, procure alternativas como estudar na escola ou numa biblioteca.

Técnicas e Hábitos de Estudo

Ebook: Técnicas e Hábitos de Estudo

Inspira-te neste guia para todos os estudantes que procuram ter resultados de excelência na universidade. Reúne recursos, testemunhos, conselhos e ideias para que o aluno possa obter o máximo rendimento e os melhores resultados académicos.

Inscreva-se e baixe este eBook gratuitamente


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.