text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

O que é a inclusão digital genuína?

      
As tecnologias e o digital potenciam a construção do conhecimento de uma maneira coletiva
As tecnologias e o digital potenciam a construção do conhecimento de uma maneira coletiva
  • O professor pode incluir as Novas Tecnologias nas salas de aulas sem perder o seu papel central no ensino.
  • Vivemos um novo tempo em que alguns dos principais conceitos que estruturam a sociedade, nomeadamente ao nível da educação, estão a ser modificados.
  • As tecnologias e o digital potenciam a construção do conhecimento de uma maneira coletiva.

As Novas Tecnologias tiveram um impacto tão grande na sociedade e no ensino que ignorar a sua influência nas salas de aula só irá prejudicar o processo de aprendizagem.

A inclusão digital genuína recupera os desenvolvimentos tecnológicos nos processos de produção do conhecimento nos diversos campos disciplinares. As Novas Tecnologias têm hoje um valor incontornável e deste modo são imprescindíveis para uma aprendizagem genuína, convertendo-se em ferramentas básicas para a educação e conhecimento.

"As tecnologias de informação e comunicação não são uma panacéia ou uma fórmula mágica, mas podem melhorar a vida de todos os habitantes do planeta. Existem ferramentas disponíveis para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, instrumentos que irão promover a causa da liberdade e democracia, e dos meios necessários para propagar o conhecimento e facilitar a compreensão mútua", afirmava Kofi Annan, Secretário Geral da Organização das Nações Unidas, discurso inaugural da primeira fase da WSIS, em Genebra, 2003.

Gostava de tirar um curso na área do digital?

Procure na Universia

Como pode ser adaptada a inclusão digital à educação?

A inclusão digital não significa o simples acesso ao computador ou à Internet, mas sim ser capaz de concretizar propostas de atividades na sala de aula que considerem os recursos das Novas Tecnologias como fomentadores da autonomia e protagonismo.

Para que seja possível é fundamental incentivar a capacitação continua dos professores e investigadores universitários neste domínio, em todos os níveis e modalidades de ensino, reconhecendo a inclusão digital como instrumento capaz de enriquecer as estratégias pedagógicas e o estímulo de metodologias capazes de incentivar a criatividade e participação.

Na sociedade da informação é importante para os alunos desenvolverem competências de busca, tratamento e armazenamento da informação. É responsabilidade do professor orientar esta geração para que faça o melhor uso possível da tecnologia que dispõe.

Novos paradigmas na aprendizagem dos tempos modernos:

Aprender com a prática

Não é necessário um curso para aprender a navegar no Twitter ou Google Docs, só é necessário começar a usar as ferramentas digitais. É com o treino, as tentativas e erros que se começa a dominar estes softwares.

Explorar novas maneiras de aprender

A aprendizagem das novas tecnologias não é linear. Tal como pode navegar na Internet através de links, o estudante também poderá ir aprendendo em pequenas doses, em passos não sequenciais, explorando o que lhe parecer melhor e criando o seu próprio percursos de aprendizagem.

O conhecimento também está nas pessoas

Com o acesso às pessoas que temos hoje em dia, estimulado pelas redes sociais, saiba que uma forma eficiente de aprender algo que ainda não sabe é perguntando aos outros. O conhecimento não está apenas nos livros, encontra-se também nas pessoas.

Ser autónomo e ativo

Há pessoas que desistem de algo mesmo sem tentar antes. Ficam à espera de alguém que lhe mostre os caminhos e que lhe dê todas as respostas corretas. Não seja uma delas. A perfeição não existe. Se tem uma ideia tente implementada. Se algumas tentativas falharem tente de novo. A isso não se chama fracasso, mas aprendizagem.

Atualmente é importante estimular todos estes novos paradigmas nas novas gerações e não é nada fácil para os professores ensinar o que muitas vezes eles próprios também têm que aprender.

Que tecnologias estão a revolucionar a educação superior?

Infografia - Que tecnologias estão a revolucionar a educação superior?

As novas tendências tecnológicas na educação estão a revolucionar o modo de ensinar e também aprender. Atualmente os estudantes assumem um papel cada vez mais interativo.

 

Inscreva-se e descubra a transformação tecnológica


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.