text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

É estudante brasileiro? O que é necessário se quer estudar em Portugal

      
O ENEM é válido nas universidades portuguesas
O ENEM é válido nas universidades portuguesas
  • Escolha o curso certo, trate da burocracia, faça um plano financeiro e venha estudar em Portugal.
  • Estudar em Portugal é o sonho de muitos brasileiros, o idioma é o português, a comida é deliciosa e o clima é um dos mais amenos da Europa.
  • A grande diferença em relação ao Brasil é que não existe a necessidade de ter um projeto de pesquisa para poder candidatar-se.

Aprenda tudo o que precisa saber sobre como estudar em Portugal: a escolha da universidade, os processos de seleção, documentação, visto, recursos financeiros e muito mais.

Em primeiro lugar entre no portal da Universia e carregue na parte superior em Universidades para conhecer o amplo leque de instituições de ensino superior existentes em Portugal. As universidades portuguesas estão divididas em três níveis de graduação. O primeiro é a licenciatura, o segundo é o mestrado e o terceiro o doutoramento.

Onde diz Estudos Universitários vai encontrar os links de todos os cursos que a Universia tem para lhe apresentar. Uma vez dentro da página do curso encontra as mais diversas informações como as provas de ingresso, um resumo do curso, a localização, entre outras.

Gostava de ingressar no ensino superior em Portugal?

Procure na Universia

ENEM é válido

É importante lembrar a quem quer fazer estudos universitários em Portugal que o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é válido nas universidades portuguesas. Encontram-se também em vigor vários acordos entre universidades portuguesas e brasileiras especialmente destinados a facilitar a entrada dos estudantes brasileiros no ensino superior português. Existe uma lista de instituições, no site do Consulado de Portugal em São Paulo, em que se podem pesquisar as bolsas de estudo para brasileiros em Portugal.

Tenha em mente uma informação importante: existe uma lei que permite que as universidades portuguesas possam cobrar uma matrícula mais cara aos estudantes internacionais, mas nem todos os cursos estão a optar por seguir esta regra.

Sobre a candidatura

Hoje em dia é possível fazer tudo pela internet. Já não é preciso enviar todos os documentos pelo correio e gastar dessa forma uma pequena fortuna. Basta enviar por email todos os documentos relativos à sua vida profissional e académica, ou seja, currículo, diploma e histórico escolar. Muitas vezes as próprias universidades também têm um sistema online onde deverá fazer a candidatura, que deverá ser paga por exemplo via Paypal.

Todos os documentos oficiais brasileiros precisam ser verificados pelo consulado Português e por isso a assinatura que constar dos mesmos deve ser reconhecida no cartório.

Espere pela confirmação de terem recebido a sua candidatura e aguarde o anúncio da aprovação ou reprovação. Se recebeu uma resposta positiva, poderá na maioria dos casos fazer a matrícula online do curso que escolheu e a partir desse momento começar a pensar nas passagens aéreas, câmbio de dinheiro, visto, habitação, seguro de saúde…

Visto de estudante para Portugal

Os cidadãos brasileiros não necessitam de obter visto turístico para Portugal se apenas permanecerem no país até 90 dias. Neste caso necessitam apenas do passaporte. Se por outro lado o motivo da sua visita é para estudar, seja por seis meses ou dois anos, nesse caso vai necessitar de pedir um visto de residência temporária. Veja quais os documentos necessários:

  • Formulário preenchido no site do consulado;
  • Passaporte válido e fotocópia de todas as páginas, mesmo as que estão em branco. É autenticar as páginas onde consta a sua identificação (normalmente as duas primeiras);
  • Documento de identificação (original e cópia autenticada);
  • 2 fotografias iguais, tipo passe, a cores e fundo liso, atualizadas e com boas condições de identificação do requerente;
  • Comprovativo de residência do seu estado (original e fotocópia);
  • Seguro médico de viagem para todo o período que permanecer em Portugal.
  • Certificado de registo criminal, com menos de 90 dias, emitido pela Polícia Federal;
  • Comprovativo de matrícula.
  • Comprovativo da existência de meios de subsistência (comprovativo de bolsa ou declaração de rendimentos dos pais ou responsáveis).

5 conselhos para comecar a universidade com o pe direito

5 conselhos para comecar a universidade com o pe direito

O modo como te relacionas com colegas e professores é muito importante para que te sintas bem no ambiente universitário. Com esta ideia em mente, anota 5 conselhos para começar o ano letivo com o pé direito

Registre-se e descubra 5 conselhos para comecar a universidade


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.