text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como atrair estudantes estrangeiros para universidades portuguesas

      
As universidades portuguesas têm utilizado várias estratégias para atrair estudantes estrangeiros
As universidades portuguesas têm utilizado várias estratégias para atrair estudantes estrangeiros
  • O clima e a gastronomia atraem estudantes estrangeiros para Portugal.
  • As universidades portuguesas também têm desenvolvido várias parcerias com instituições de ensino superior.
  • O número de estudantes estrangeiros no ensino superior português não tem parado de crescer nos últimos anos.

As universidades portuguesas estão empenhadas em trazer para Portugal mais estudantes estrangeiros. Feiras nacionais e internacionais, protocolos e parcerias com universidades estrangeiras, contratos de investigação, integração em redes universitárias internacionais são algumas das estratégias seguidas pelas instituições de ensino superior portuguesas para captar mais alunos estrangeiros.

Gostava de frequentar um curso superior em Portugal?

Procure na Universia

Portugal é o país escolhido por milhares de estudantes além-fronteiras. Por exemplo, as universidades do Porto (UP) e a Técnica de Lisboa (UTL) recebem alunos de 84 países. Neste último caso, no início do ano lectivo, contabilizavam-se matrículas de 21 alunos chineses, 13 indianos, um libanês e outro do Zimbabwe.

Conheça 5 argumentos para atrair estudantes estrangeiros para universidades portuguesas

Nos últimos anos, o número de estudantes estrangeiros no ensino superior português não tem parado de crescer. A Universidade de Coimbra, por exemplo, no ano lectivo de 2011/2012 já tinham 14% de alunos internacionais do total de alunos inscritos nas licenciaturas, um número que atualmente se situa nos 20%. 

Face a este cenário e ao aumento da procura de estudantes estrangeiros que querem vir estudar para Portugal, o Governo vai autorizar as instituições de ensino a abrirem mais 2500 vagas para estudantes internacionais no ano lectivo de 2019/2020, de acordo com informações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES).

As universidades e politécnicos podem destinar até 20% das vagas por ano lectivo de licenciaturas a alunos de outros países , através de um concurso especial, regulado pelo Estatuto do Estudante Internacional de 2014. Com esta medida, o Executivo vai aumentar as vagas até 25%, o que significa que o número de vagas para alunos estrangeiros vai passar de 10.200 para 12.700 em 2019.

Para orientar os estudantes de outras nacionalidades que aterram em Lisboa para iniciar ou prosseguir os estudos universitários, surgiu o Study in Lisbonuma parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa e as universidades da cidade. O portal, lançado em 2015, tem o objetivo de otimizar a experiência universitária dos estudantes estrangeiros na capital portuguesa, informando sobre as mais diversas necessidades como alojamento, bolsas de estudo ou locais a visitar.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.