text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

4 técnicas para incentivar a comunicação online entre estudantes

      
Quanto mais fácil for o uso de uma ferramenta, mais provável será que os alunos se sintam à vontade para interagir uns com os outros
Quanto mais fácil for o uso de uma ferramenta, mais provável será que os alunos se sintam à vontade para interagir uns com os outros  |  Fonte: Shutterstock
  • Como tornar a interação aluno-aluno mais agradável e envolvente na aprendizagem online?
  • Os alunos cada vez mais preferem interagir com ferramentas baseada em vídeo do que as tradicionais aplicações de texto.
  • Ao fazer com que os alunos se envolvam uns com os outros nas aulas, a riqueza das interações aumenta e a aprendizagem aprofunda-se.

O papel de um professor é mais do que apresentar conceitos e fazer com que os alunos retornem essas mesmas ideias em algum momento futuro. Torne a interação aluno-aluno mais agradável, facilitando o envolvimento entre eles, repensando os fóruns de discussão e com a aposta em vídeos para conversas.


1) Facilite a interação dos alunos

Pode ser um equilíbrio delicado tentar não sobrecarregar os estudantes com uma grande quantidade de tecnologia educativa na sala de aula, enquanto se tenta tornar o ensino interessante através do elemento surpresa. Quanto mais fácil for o uso de uma ferramenta, mais provável será que os alunos se sintam à vontade para interagir uns com os outros.

Um exemplo fácil de usar é uma ferramenta de brainstorming chamada Tricider. A Tricider permite identificar que tipo de brainstorming gostaríamos de desencadear. Este é apenas um exemplo de uma ferramenta que facilita a interação aluno-aluno sem exigir muito esforço dos professores para configurá-la. Algumas outras que são simples de utilizar incluem:

  • Padlet: um quadro de cortiça virtual que os alunos e professores podem usar para postar texto, fotos e links.
  • Dropbox Paper ou Google Docs: estas ferramentas de processamento de texto colaborativas permitem que os instrutores convidem os alunos a colaborar em tarefas ou trabalhos em grupo.
  • Trello: uma pilha virtual de cartões de índice onde os alunos podem adicionar as suas ideias.


2) Repensar os Fóruns de Discussão

Os especialistas consideram ainda que é necessário repensar os fóruns de discussão e perceber se valerão a pena. As experiências nas aulas que os alunos fizeram no passado levantaram dúvidas sobre este formato, na medida em que a intervenção do professor assumia grande protagonismo e este tinha sempre que tentar estimular o debate. O ideal é que os alunos tivessem mais iniciativa e fosse possível surpreende-los com a riqueza do diálogo.

Gostava de tirar um curso na área da tecnologia?

Procure cursos na Universia

3) Debater via vídeo

Outra maneira de fazer com que os alunos conversem entre si de maneiras diferentes é fazer com que eles usem o vídeo ou o áudio para interagir. O FlipGrid é uma maneira fácil de fazer uma pergunta que deverá ser respondida através de vídeos. 

Outra ferramenta para interagir com vídeo é uma plataforma da Arc Media, que pode ser integrada ao Canvas LMS. Os instrutores podem fazer upload de um vídeo ou publicar um link do YouTube dentro do Canvas na sua biblioteca do Arc. De seguida, podem incluir esse vídeo num curso do Canvas e fazer os alunos interagirem com o vídeo, digitando comentários em tempo real enquanto assistem.


4) Introduzir a Anotação Social como um Meio de se Envolver

Escritor, professor e doutorado em Harvard, o candidato Clint Smith III declarou recentemente a sua paixão pela compra de livros usados no Twitter. Realmente comprar livros usados tem uma vertente boa, pois ficamos com uma pequena visão de como alguém experimentou esse livro antes de nós. Cada frase destacada ou passagem sublinhada é como fazer parte de um clube do livro com um estranho que nunca conhecerá.

Como hoje em dia cada vez mais nos dedicamos à leitura através de dispositivos digitais, podemos definir a aplicação Kindle no iPad para indicar quais as passagens que muitos outros destacaram nos seus livros e saber que partes do texto mexeram com outras pessoas.

O Hypothes.is é uma ferramenta de anotação social que leva essas práticas de leitura a um nível totalmente novo. Ao ler na internet, pode selecionar o texto e anotá-lo. Essas notas podem ser partilhadas publicamente ou salvas em particular.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.