text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ciências da educação: para que servem?

      
Se acreditarmos que a educação é a base do desenvolvimento de uma sociedade, não é difícil compreender a importância desta disciplina.
Se acreditarmos que a educação é a base do desenvolvimento de uma sociedade, não é difícil compreender a importância desta disciplina.  |  Fonte: iStock

Estudar ciências da educação

A formação em ciências da educação é multidisciplinar, e inclui uma formação teórica que vai buscar referências à antropologia, filosofia, história, psicologia, sociologia, entre outras. Apesar desta formação não implicar a conclusão de um mestrado integrado, a verdade é que a profissionalização decorre principalmente no segundo ciclo. Existem 40 cursos das áreas de ciências da educação, e ainda que a maioria deles seja do 2º ciclo do ensino superior, é possível fazer apenas uma licenciatura nesta área.

Investigação científica

O estudo dos ambientes e metodologias de aprendizagem, bem como as metodologias e técnicas de ensino são objeto de estudo dos projetos de investigação científica da área das ciências de comunicação. A maioria dos grupos de investigação científica desta área encontram-se ligados às universidades, contudo, algum deste trabalho poderá ser feito a pedido ou desenvolvido por instituições públicas administrativas. A investigação académica também poderá ser uma forma de começar a dar aulas no ensino superior.

Aplicações práticas das ciências da educação

A investigação e o trabalho feita na área das ciências da educação pode ter diversas aplicações. Algumas das aplicações são relacionadas com os setores não lucrativos, e poderão estar associadas à atualização ou criação de novas políticas de educação, criação e adaptação de currículos, alterações na administração das escolas e criação de novos processos de ensino. Estas atividades podem ser desenvolvidas nas seguintes instituições:

  • Agências de Desenvolvimento Local

  • Associações culturais, recreativas, desportivas

  • Bibliotecas

  • Câmaras Municipais

  • Casas de Juventude

  • Centros de Educação e Formação de Adultos

  • Centros de Dia

  • Centros de Saúde

  • Centros Sociais

  • Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ)

  • Departamentos de Educação para a Saúde

  • Escolas e Agrupamentos do Ensino Básico e Secundário e TEIP

  • Instituições de Proteção Social

  • Juntas de Freguesia

  • Lares de Infância e Juventude

  • Ministérios

  • Museus

  • Organizações não-governativas (ONGs) ligadas à educação e formação.

  • Serviços Educativos para a Infância, Juventude e 3ª idade


Nas instituições com fins lucrativos também há lugar para os profissionais das ciências da educação, uma vez que podem contribuir para otimizar os processos e metodologias utilizados na formação profissional e em contexto de trabalho. A formação contínua é essencial para garantir a qualidade da força de trabalho de uma empresa.

Atividades Profissionais

Os profissionais deste curso irão trabalhar na área da educação e formação, dentro do contexto educativo mas não só. Algumas das tarefas desenvolvidas pelos profissionais que terminem formação superior na área das ciências da educação são as seguintes:

  • Investigação científica

  • Consultor

    Desenvolver recursos para otimizar o ensino

    Orientar a atualização de sistemas já existentes

    Contribuição para a criação de novas políticas

  • Formador

    Formação em contexto de trabalho

    Formação de formadores

  • Desenvolver recursos educativos

    Assistir na criação de recursos académicos para e-learning

    Auxiliar a criação recursos para ensino presencial

    Auxiliar na criação de recursos educativos para instituições ligadas a práticas educativas não formais


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.