text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como é o Curso de Enfermagem

      
Muitas vezes terá de lidar com situações limite.
Muitas vezes terá de lidar com situações limite.  |  Fonte: iStock

Muitas vezes terá de lidar com situações limite e outras que de algum modo serão repulsivas. No entanto, o curso de Enfermagem fornece uma formação teórica e prática que ajudará o futuro profissional a ser parte ativa em tratamentos, gestão hospitalar, cuidados específicos e apoio comunitário. O curso de Enfermagem pretende que o aluno participe desde cedo em estágios e que, nos primeiros anos do curso, comece a ter algum contato com as instituições de saúde e de cuidados particulares. Assim, para quem está a considerar o curso de Enfermagem, é importante que tenha em atenção as suas próprias competências interpessoais.


Plano de Estudo

O plano de estudos para o curso de enfermagem vai variando um pouco, conforme a instituição de ensino superior em que esteja. Porém, existem disciplinas fulcrais que são transversais a muitos cursos de enfermagem. São elas: disciplinas específicas de Enfermagem, Biologia e Bioquímica, Medicina, Saúde Pública, Gestão e Administração, Desenvolvimento Pessoal, Psicologia, Sociologia entre outras…


Estágios em Enfermagem

Uma das partes mais importantes do curso de enfermagem, são os estágios que se vão fazendo ao longo do curso e, nos últimos anos, serão mais intensivos e percorrem as especializações de enfermagem. Todos os alunos terão que ter conhecimentos práticos de todas as áreas da enfermagem, e de certa forma isto irá ajudar a escolher a especialização em que se pretende formar.


Especializações

  • Saúde Comunitária

Esta área está definida como "a saúde em um grupo de indivíduos, incluindo a distribuição dos níveis de saúde dentro do grupo." A meta é melhorar a saúde de uma certa população.

  • Médico-cirúrgica

Está orientada para uma abordagem de estabilização de pessoas em estado crítico, idosos, pessoas com doença crónica ou com necessidade de cuidados paliativos.

  • Reabilitação

A especialização em Reabilitação parte do pressuposto de consolidação de objetivos terapêuticos. O Enfermeiro estará habilitado para atuar numa equipa multidisciplinar que pretende uma atuação a nível biopsicossocial.

  • Saúde Infantil e Pediátrica

O enfermeiro especializado em Saúde Infantil e Pediátrica poderá acompanhar e ajudar no tratamento de crianças e adolescentes.

  • Saúde Materna e Obstétrica

Para a Saúde Materna e Obstétrica, o enfermeiro terá como principais funções, o acompanhamento na gravidez, auxiliar no parto e no pós-parto – como é exemplo a ajuda prestada para o aleitamento materno.

  • Saúde Mental e Psiquiátrica

O enfermeiro especializado em Saúde Mental e Psiquiátrica estará apto para ajudar ao tratamento de afecções mentais. Neste sentido, zela pela medicação e pela segurança do doente e das pessoas à sua volta.


Ordem dos Enfermeiros

Após o término do curso de Enfermagem é possível a inscrição na Ordem dos Enfermeiros. Este é um importante passo para quem deseja iniciar a sua vida profissional após a conclusão do curso. É também a Ordem dos Enfermeiros que distingue os cursos habilitados para a formação em enfermagem, assim como delimita as regras para obtenção do título de “enfermeiro especialista”.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.