text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como são Calculadas as Médias de Acesso ao Ensino Superior

      
As Provas de Ingresso tratam-se de um dos elementos principais para o cálculo da média de entrada ao Ensino Superior.
As Provas de Ingresso tratam-se de um dos elementos principais para o cálculo da média de entrada ao Ensino Superior.  |  Fonte: iStock

No entanto, este não é o único fator a ter em conta no momento de cálculo da média para acesso a um determinado curso. Durante o 11º ano e o 12º irão ser realizados exames nacionais que também serão adicionados a este cálculo como provas de ingresso. Por norma, será durante o 12º ano em que se concentrarão os exames nacionais, sendo este o último ano em que o aluno deverá dedicar-se mais, de modo a atingir boas notas nas provas de ingresso. Fique por dentro deste assunto e triunfe no momento de acesso ao Ensino Superior. 

Provas de Ingresso de Acesso ao Ensino Superior

As Provas de Ingresso tratam-se de um dos elementos principais para o cálculo da média de entrada ao Ensino Superior. Cada Instituição de Ensino Superior (IES) irá fixar as provas de ingresso necessárias para a entrada num determinado curso, assim como a percentagem que estas terão no cálculo da média. Em algumas IES poderão ser fixadas mais do que uma prova de ingresso. Também é necessário ter em atenção que estas provas deverão ter um mínimo de 95 valores, numa escala de 0 a 200, para que possa estar apto para o concurso de acesso ao Ensino Superior.

As provas de Ingresso, por norma, são os exames nacionais do Ensino Secundário, porém, poderão existir IES que fixam provas de acesso em concurso local. Isto geralmente é assim para cursos de índole vocacional ou artísticos.

As provas de Ingresso, realizadas no âmbito dos Exames Nacionais, têm uma validade de dois anos, podendo ser usadas pelo aluno caso decide mudar de curso durante este período de tempo. Também é bom não esquecer que após saírem as notas dos exames nacionais, os alunos poderão sempre recorrer do resultado. Fundamentando devidamente, esta pode ser uma forma de melhorar a nota do exame nacional e por consequência, da Prova de Ingresso.

Critérios de Seriação para Entrada num Curso do Ensino Superior

A partir do cálculo da média final (Ensino Secundário + Provas de Ingresso) os alunos ficam com uma ideia de quais os cursos aos quais têm uma maior possibilidade de entrar – a partir de indicações sobre as médias de entrada do ano anterior.

O concurso nacional permite que cada aluno escolha até até seis pares instituição/curso, ou seja, seis combinações diferentes de instituições e cursos, escolhidos segundo uma ordem de preferência. O processo de colocação funciona segundo a ordenação dos candidatos, através das suas médias, até esgotarem as vagas disponíveis.  Para cada fase do concurso nacional, apenas é possível obter uma colocação.

Calcular a Média de Acesso ao Ensino Superior

Para o cálculo da média de acesso ao ensino superior, entram a média aritmética das notas finais das disciplinas do ensino secundário – com exceção da Educação Física, que apenas conta para quem queira seguir cursos relativos ao desporto. A partir deste cálculo, deverá fazer-se a média contando com as provas de ingresso, segundo a percentagem fixada pela Instituição de Ensino Superior.

A Universidade Europeia possuí uma calculadora online que irá permitir descobrir a sua média de acesso ao ensino superior. Pode aceder a esta ferramenta aqui.  


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.