text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Faz-Te Forward Open Day colocou 100 jovens em ação

      
O talento invadiu o Lx Factory! O Faz-Te Forward Open Day foi um dia intenso em ferramentas inovadoras para a entrada no mercado de trabalho. O evento organizado pelos fazters - participantes do projeto Faz-Te Forward da TESE – Associação para o Desenvolvimento -, sob o mote "Futuro em Construção", contou com cerca de 100 jovens e muitas actividades.

Os workshops que constavam no programa do eventoincluíram temas como “Atitude e Superação” com Pedro Tanger (Fundador da STAT Academia de Taekwondo), “Empreendedorismo Social Jovem” com a CASES, “Networking e Procura de Emprego” com Valter Barreira (Director Executivo da Knowing Counts) e “Comunicação em Público” com Jorge Crespo (campeão europeu de public speaking). O início da "obra" foi ainda marcado por uma dinâmica ligada ao coaching, em que os jovens refletiram sobre a importância de se conhecerem e seguirem um percurso profissional que os realize. O talento dos fazters espalhou-se por todo o espaço com performances de dança hip-hop, música e artes circenses.

Na conferência da tarde, "Constrói o Futuro à Tua Medida", Ana Freitas Reis (fundadora do Movimento DesConstrói) e João Valentim ajudaram a construir a planta, despertando para o auto-conhecimento e a descoberta de talento. A partilhar estratégias de entrada no mercado de trabalho estiveram Ana Silva da The Talent City/Jason Associates e António Murta Rosa, do Instituto Português do Desporto e Juventude. Os percursos inspiradores de Ricardo Diniz (velejador) e João Brites (fundador dos Transformers) despertaram a vontade de pôr "mãos à obra" e muitos foram os jovens que contactaram com eles para conhecer melhor as causas e os projetos.

Durante todo o dia os jovens aproveitaram para receber feedback sobre os seus CV's e aconselhamento sobre a entrada no mercado de trabalho junto do corner The Talent City (com profissionais especializados da Jason Associates). No final, foi com entusiasmo que se realizou o sorteio de quatro sessões de coaching e de simulações de entrevistas de emprego, bem como seis oportunidades de job-shadowing com empresas residentes no Lx Factory.

O Faz-Te Forward é um programa inovador em Portugal, que apoia jovens com potencial em diferentes áreas e apresenta uma abordagem de intervenção direcionada para a entrada no mercado de trabalho. Para além da formação em soft skills, o projeto aplica metodologias individuais de desenvolvimento pessoal, mais comuns no contexto empresarial, como o coaching e o mentoring.

Na segunda edição 2012/2013, que termina em Outubro, participam no Faz-Te Forward 30 jovens da Área Metropolitana de Lisboa. Neste momento, 50% dos jovens que participam no programa e que já concluíram os seus estudos já estão inseridos no mercado de trabalho, a maioria nas suas áreas de interesse profissional e dois deles através de oportunidades diretas de parceiros do Faz-Te Forward.

Para além da inserção profissional dos participantes nas suas áreas de interesse, alguns dos resultados de curto-prazo já atingidos incluem: 30 jovens aumentaram as suas competências pessoais e sociais através de mais de 20 sessões de formação; 30 jovens definiram os seus objetivos e planos de ação através de mais de 300 sessões individuais de coaching. Se considerados resultados mais qualitativos, os principais ganhos para os jovens que estão a participar no programa são: um maior conhecimento sobre técnicas de procura de emprego e processos de recrutamento; aumento do autoconhecimento e da motivação, bem como uma atitude mais positiva face ao futuro.

Testemunhos dos fazters:

“A minha formação académica não me preparou para o mercado de trabalho. Antes de entrar no Faz-Te Forward não sabia como elaborar um CV, nem uma carta de apresentação e não percebia a importância da imagem. Descobri ferramentas muito úteis para me auxiliar na procura de emprego.”


"Atualmente sinto que sou mais responsável pelo meu processo de empregabilidade e que não me limito a entregar currículos como fazia. O fato de ter mais conhecimento sobre os CV, cartas de apresentação e uma melhor preparação para as entrevistas de emprego também me ajuda a distinguir-me das outras pessoas e a mostrar aquilo que sou e que quero fazer.”


“Essencialmente estou mais motivado e desperto para as oportunidades que me podem surgir e também não me deixo desmoralizar pelas adversidades, que agora consigo ver mais como desafios do que como obstáculos.”



“Penso que a grande mudança se traduz numa maior proatividade da minha parte e num aumento de otimismo e confiança nas minhas capacidades. Estes três pontos fazem com que encare as oportunidades de trabalho de uma forma mais natural e com menos nervosismo ou medo de falhar.”


    Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.