text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Concurso Poliempreende vence em Portugal Prémios Europeus de Promoção Empresarial

      
O Concurso Poliempreende, um projeto dos politécnicos portugueses, foi o vencedor nacional na categoria de “Investimento em Competências Empreendedoras” dos Prémios Europeus de Promoção Empresarial (EuropeanEnterprisePromotionAwards – EEPA). O resultado foi conhecido a 18 de setembro pelo Instituto Politécnico da Guarda, que coordenou a candidatura do Poliempreende aos EEPA, Prémios que em Portugal são organizados pelo Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI).

O Poliempreende é um projeto da rede politécnica que promove uma metodologia de ensino que potencia a criatividade e inovação, e que procura que ela se transforme em projetos de vocação empresarial. O facto de estar implementado no ensino superior politécnico, organizado em “Oficinas”, permite-lhe ter uma forte vertente de aplicação à realidade empresarial, pois desenvolve projetos muito próximos da atuação de um empreendedor, na forma de refletir e definir o seu projeto empresarial.

“Este prémio é o resultado de um trabalho de parceria, de um esforço e empenho conjunto da rede Politécnica e o reconhecimento do nosso papel de intervenção”, admite Teresa Paiva, diretora da Unidade de Investigação para o Desenvolvimento do Interior do Instituto Politécnico da Guarda, e responsável pela organização e apresentação da candidatura do concurso, acrescentando que «a rede Politécnica está por isso de parabéns».

Somados os resultados de nove edições do Poliempreende, denota-se o impacto deste projeto na comunidade académica e empresarial: 2.483 alunos envolvidos, 779 projetos apresentados, 48 empresas criadas e 82 patentes registadas. A taxa de sobrevivência das empresas criadas é de 71%, o que demonstra a solidez da formação e preparação dos seus promotores.

«Mais do que um projeto de negócio, o Poliempreende assenta numa filosofia de motivação e de espírito empreendedor. Pode-se mesmo falar de uma marca reconhecida pelos agentes sociais e económicos nacionais como uma forma de promoção e educação do empreendedorismo no meio académico e de cooperação institucional», salienta Joaquim Mourato, presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP).

O Poliempreende é um exemplo de parceria e cooperação entre instituições, uma vez que envolve um conjunto de 21 instituições, os institutos politécnicos, escolas politécnicas não integradas e escolas politécnicos integradas em Universidades, como é o caso de Aveiro, Trás-os-Montes e Alto Douro e Algarve. Este projeto funciona com uma organização conjunta e uma coordenação rotativa entre as instituições parceiras, em que o coordenador assume a responsabilidade nacional do projeto, e os parceiros são responsáveis pela implementação do projeto nas suas instituições.

A cerimónia de encerramento da 10ª edição do Poliempreende decorre no próximo dia 11 de outubro no Instituto Politécnico da Guarda, sendo que está patente nesta ocasião uma exposição dos principais projetos desenvolvidos durante os 10 anos do concurso. Ainda nesta cerimónia, será apresentado o logótipo do Poliempreende, da autoria de Cláudia Pombo, vencedora do concurso para a criação de um logotipo do projeto. A 11ª edição do Poliempreende será assegurada pelo Instituto Politécnico do Porto.

Sobre os Prémios Europeus de Promoção Empresarial

 Os Prémios Europeus de Promoção Empresarial têm como objetivo distinguir boas práticas para promover o empreendedorismo na Europa. Estes Prémios foram lançados em 2005 pela Comissão Europeia, e a nível nacional são da responsabilidade do IAPMEI. Os Prémios destinam-se às entidades públicas da União Europeia, bem como de outros países associados, como a Croácia, Islândia, Noruega, Sérvia e Turquia.

Os requisitos das candidaturas devem ter em conta iniciativas existentes ou recentes em matéria de elaboração de políticas, de empresas ou de educação, e à sua influência na região ou localidade em questão, demonstrando uma evolução progressiva durante um período de dois anos. Os Prémios estão divididos em seis categorias: promoção do espírito de empreendedorismo; investimento nas competências empreendedoras; desenvolvimento do ambiente empresarial; apoio à internacionalização das empresas; apoio ao desenvolvimento de mercados ecológicos e à eficiência dos recursos; e, empreendedorismo responsável e inclusivo.


    Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.