text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Jovens que procuram empregos na economia digital necessitam de novas competências para serem bem-sucedidos

      
Foto: Accenture Digital
Foto: Accenture Digital

As tecnologias digitais estão a criar novas oportunidades profissionais, de acordo com um estudo da Accenture que entrevistou mais de 5.000 residentes no Reino Unido a partir dos 12 anos de idade. No entanto, o estudo concluiu que os estudantes entrevistados estão preocupados pois acreditam não possuir as competências necessárias para aproveitar estas oportunidades digitais.

 

Questionados em relação ao digital, sob uma perspectiva pessoal e profissional, 75% dos inquiridos com idades compreendidas entre os 12 e os 17 anos acredita que as tecnologias digitais vão proporcionar-lhes mais oportunidades de emprego. Metade dos entrevistados afirma que a economia digital vai ajudá-los a ter o "emprego de sonho", enquanto 67% afirma que vai candidatar-se a novas oportunidades que surgiram com a evolução da área digital, como data scientists.

 

Embora esta faixa etária tenha nascido na era digital e esteja socialmente ligada, teme que a sua formação escolar não esteja a garantir as competências adequadas para aceder a estas novas oportunidades. Cerca de dois terços (65%) sentem que o programa escolar actual não está a desenvolver ou a melhorar as suas competências digitais de forma correcta.

 

“É positivo que os jovens se sintam motivados pelas novas oportunidades na área digital, mas o facto de acharem que não estão a ser devidamente formados neste sentido é preocupante. Esta é a próxima geração de profissionais e o futuro das empresas está nas suas mãos”, afirma Pedro Lopes, Managing Director responsável pela Accenture Digitalem Portugal.

 

“Sabemos que as ofertas de emprego vão ser diferentes no futuro, como resultado do crescimento digital, e parece que, ainda que positivas, as mudanças nos programas escolares, tais como a introdução de cadeiras de programação, podem não ser suficientes. Precisamos de dar aos jovens a confiança necessária para poderem dar o seu contributo em organizações que querem tornar-se fundamentalmente digitais.”

 

O Digital inspira

Apesar de ainda haver um longo caminho a percorrer nas escolas, verifica-se que pessoas de todas as idades no Reino Unido acreditam que o digital oferece novas oportunidades no mundo profissional. Metade dos participantes deste estudo afirmam que o digital vai permitir-lhes ser mais produtivos (51%), criativos (48%) e mais flexíveis, com 54% a afirmar que será possível trabalhar a partir de qualquer localização.

 

Pedro Lopes explica: “Na base deste relatório da Accenture está o desejo de informar as organizações sobre o que está realmente a passar-se no mundo à sua volta. Muito poucas abraçaram e adoptaram totalmente o digital e é fundamental que espelhem a paixão e a energia sentida de forma tão forte pela próxima geração de talento. Apenas através da conquista de uma estratégia digital relevante para os jovens é que as organizações podem garantir que estes continuem a ter sucesso e a moldar o futuro".

 

Utilizar o Digital para reinventar a força de trabalho

O digital vai transformar a vida das gerações mais jovens. Os pais acreditam que o digital vai garantir mais oportunidades profissionais aos seus filhos do que aquelas que existiam (74%) e que os empregos vão ser melhorados (78%), o que pode ser alavancado pelos avanços da computação cognitiva. Mais de metade (56%) dos inquiridos concorda que o Homem deve programar “as máquinas” para efectuarem o máximo de trabalho possível, fazendo com que os humanos desempenhem tarefas mais interessantes e inovadoras.

 

"De forma a retirar todo o potencial da sua capacidade de trabalho, as organizações precisam de aumentar as tarefas creativas e automatizar as mais processuais," conclui o executivo da Accenture Portugal. "As tecnologias digitais têm a capacidade de transformar o mundo pessoal e o mundo profissional, permitindo que exista mais flexibilidade e selecção na forma como trabalhamos, mas fundamentalmente permite que haja mais opções sobre as tarefas que desempenhamos. As organizações necessitam de se assumir como facilitadores digitais, assegurando aos potenciais colaboradores que as suas vidas vão ser melhoradas, porque a empresa implementou as tecnologias adequadas. "

 


Metodologia

Mais de 5.000 inquiridos responderam a um inquérito online, conduzido pela Loudhouse Research em nome da Accenture, no primeiro semestre de 2014. O objectivo da pesquisa foi apurar o significado do digital para os consumidores numa perspectiva pessoal e profissional, e também qual o seu significado para as marcas. Os entrevistados são jovens a partir dos 12 anos, com residência no Reino Unido e que usam habitualmente smartphone.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.