text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Os microinfluenciadores, os mais procurados pelas marcas na Internet

      
Os públicos jovens são cada vez menos receptivos à publicidade convencional no ambiente digital
Os públicos jovens são cada vez menos receptivos à publicidade convencional no ambiente digital
  • As marcas que colaboram com microinfluenciadores optam por uma excelente medida para orientar a sua estratégia de comunicação.
  • As estratégias que aliam influenciadores a públicos que interagem ganham seguidores leais.
  • Autenticidade, maior interatividade e o potencial para chegar a um público mais específico estão a induzir as marcas a ponderar outro tipo de influenciadores.

O número de seguidores de um influenciador não é decisivo para que as marcas tenham impacto nas redes sociais. Mais do que este fator, os analistas explicam que o domínio de um tema específico e o nível de interações nas suas redes é o mais relevante no ambiente digital.

Gostava de tirar um curso na área das redes sociais?

Procure na Universia

Os chamados microinfluenciadores (utilizadores com 10 mil seguidores ou menos) são atualmente o tipo de pessoas que as marcas procuram para serem os seus embaixadores no espaço digital, já que é mais lucrativo investir nestes perfis do que em personalidades com milhões de seguidores, mas com baixo nível de engagement.

Esta é uma tendência que está a subir e que faz com que as marcas procurem pessoas que dominam um tema, têm credibilidade na área e por isso possuem ligação a uma rede de pessoas que está verdadeiramente envolvida com o que publicam. Estes microinfluenciadores mais do que seguidores, têm amigos e por norma não publicam conteúdos de marcas em que não acreditam ou confiam.

De acordo com um estudo publicado pelo SocialPubli.com sobre o impacto dos microinfluenciadores, esta categoria tem potencial para criar até sete vezes mais conexões e interações com o público do que as estrelas digitais.

O estudo diz que o Instagram é atualmente a rede social na qual estes tipos de personalidades micro funcionam melhor como embaixadores da marca. Um dos motivos pelos quais estes microinfluenciadores ganham terreno está relacionado com a posição de estrelato assumida por alguns influenciadores digitais com muitos milhões de seguidores. Muitos deles contrataram agentes e o relacionamento com as marcas tornou-se complicado.

5 tendências nas redes sociais


Os públicos mais jovens são cada vez menos receptivos à publicidade convencional no ambiente digital; formatos como pop-ups, banners e outras propagandas tradicionais não são bem recebidos e com frequência os millennials usam os bloqueadores de anúncios para evitar publicidade, o que torna técnicas como o uso de microinfluenciadores ou escuta social muito mais lucrativas.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.