text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

5 truques psicológicos para impressionar em qualquer entrevista de emprego

      
Existem vários truques psicológicos que lhe garantem maior sucesso numa entrevista de emprego.
Existem vários truques psicológicos que lhe garantem maior sucesso numa entrevista de emprego.
  • Embora no momento possam parecer demasiado impressionantes, os entrevistadores são pessoas como quaisquer outras.
  • Os entrevistadores assentam as suas avaliações de candidatos comparando-os com aqueles que também entrevistaram no mesmo dia.
  • É preciso ter atenção aos mais pequenos pormenores numa entrevista, seja a cor do que veste ou a simples forma de colocar as mãos.

Os entrevistadores são suscetíveis às mesmas preferências psicológicas e preconceitos cognitivos que nos afetam a todos. Mudanças simples na maneira como fala e se defende podem o fazer parecer muito mais agradável, competente e encantador aos olhos deles.

1- Marque a sua entrevista à volta das 10h30 de uma terça-feira

De acordo com a Glassdoor, o melhor momento para marcar uma entrevista é geralmente o melhor horário do entrevistador e não o seu. Portanto, se o recrutador lhe oferecer alguma flexibilidade para escolher um cronograma de entrevista, pergunte se pode ser por volta das 10h30 de uma terça-feira. Nesse momento, o entrevistador provavelmente está relativamente relaxado.

Em geral, deve evitar as reuniões no início da manhã, já que o seu entrevistador ainda pode estar preocupado com tudo o que precisa fazer naquele dia. Também deve evitar ser a última reunião do dia de trabalho, já que é possível que o seu entrevistador já esteja a pensar em ir para casa.

2 - Não faça a entrevista no mesmo dia que os candidatos mais fortes

Um estudo, conduzido por investigadores da Universidade da Pensilvânia e da Universidade de Harvard, descobriu que os candidatos que foram entrevistados no final de um dia após uma série de candidatos fortes pontuaram abaixo do esperado. Por outro lado, os entrevistados após uma série de candidatos fracos obtiveram uma pontuação acima do esperado.

Não está claro se isto é um fenómeno instintivo ou se os entrevistadores estão conscientemente a qualificar os últimos candidatos acima ou abaixo do que deveriam, porque não querem que os seus supervisores pensem que estão a dar a todos a mesma pontuação. De qualquer maneira, se tem algum conhecimento de quem está a ser entrevistado e quando, escolha fazê-lo depois de candidatos comparativamente menos fortes.

Está à procura de emprego?

Descubra na Universia

3- Escolha a cor com a qual se vestir, dependendo da imagem que deseja projetar

Uma investigação da CareerBuilder entre responsáveis de contratação e profissionais de recursos humanos descobriu que cores diferentes de roupas transmitem diferentes impressões.

23% dos entrevistadores recomendaram usar o azul, o que sugere que o candidato é um jogador de equipa, enquanto 15% recomendam o preto, o que sugere um potencial de liderança. Por outro lado, 25% disseram que o laranja é a pior cor a ser usada pois sugere que o candidato não é profissional.

O que outras cores indicam:

  • Cinza: lógico / analítico
  • Branco: organizado
  • Castanho: confiável
  • Vermelho: poder

4- Adapte as suas respostas à idade do entrevistador

Pode aprender muito (mas não tudo) sobre o entrevistador e o que ele quer ouvir com base na sua idade. No seu livro Crazy Good Interviewing, John B. Molidor e Barbara Parus escrevem que deve se comportar de maneira um pouco diferente, dependendo da geração à qual o seu entrevistador pertence. Aqui está a sua divisão:

  • Entrevistadores da geração Y (entre 20 e 30 anos de idade): Leve consigo amostras visuais do seu trabalho e destaque a sua capacidade de realizar várias tarefas.
  • Entrevistadores da geração X (entre 30 e 50 anos): Realce a sua criatividade e mencione como o equilíbrio entre o trabalho e a vida familiar contribui para o seu sucesso.
  • Entrevistadores da geração do baby boom (entre 50 e 70 anos): mostre que trabalha duro e demonstre respeito pelo que eles conseguiram alcançar.
  • Entrevistadores da geração silenciosa (entre 70 e 90): Mencione a sua lealdade e comprometimento em trabalhos anteriores.

5- Usar as mãos para ter sucesso numa entrevista

Segundo Molidor e Parus, os movimentos das suas mãos contribuem para a impressão que é transmitida numa entrevista de emprego. Mostrar as palmas das mãos geralmente indica sinceridade, enquanto segurar as pontas dos dedos juntas para formar uma torre de igreja indica confiança.

Por outro lado, não deverá manter as palmas das mãos para baixo, o que é um sinal de domínio. Também deve evitar esconder as mãos, o que parece ter algo a ocultar; tocando os dedos, o que mostra impaciência; dobrar os braços, indicando desapontamento; ou o uso excessivo de gestos com as mãos, o que pode distrair.

20 erros comuns a evitar numa entrevista de trabalho

Imagen_20 erros comuns a evitar numa entrevista de trabalho

Fica a conhecer os principais erros a evitar para teres êxito numa entrevista de emprego. Aprende o que nunca deves fazer.

Inscreva-se e receba este eBook gratuitamente


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.