text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como trabalhar na Espanha

      
Para os cidadãos da União Europeia, trabalhar em outros países é uma opção de vida e porque não escolher a Espanha?
Para os cidadãos da União Europeia, trabalhar em outros países é uma opção de vida e porque não escolher a Espanha?  |  Fonte: istock

A Espanha possui um grande território, grande diversidade cultural, sendo três as línguas oficiais do país, e possui uma população hospitaleira e agradável. O clima do país é bastante atrativo, o interior é muito verde e calmo e os centros urbanos são procurados por turistas do todo o mundo.

Para trabalhar na Espanha é necessário falar espanhol, mas caso seu futuro trabalho seja na Galícia ou na Catalunha, é bom já ir aprendendo um pouco de galego e de catalão, respectivamente. Essas duas línguas são as línguas oficiais do país junto com o espanhol.

A Espanha oferece grande potencial de empregabilidade nas suas maiores áreas urbanas como Barcelona e Madri. Há empregos em menores centros urbanos como Bilbao, Zaragoza, Sevilha e Granada. Se estás á procura de uma aventura diferente para se empregar, o interior da Espanha oferece pequenas cidades calmas e com alguma oferta de emprego, principalmente em áreas de serviço e turismo.

No interior da Espanha há muito trabalho sazonal, em colheitas e fazendas. Barcelona é uma hotspot para trabalhos em call center, em tecnologias da informação e na indústria. Madri é local do governo espanhol e com muitos serviços a disposição. Trata-se de um grande centro urbano com muitas oportunidades.

Antes de se mudar para a Espanha não esqueça de certificar sua residência no seu local de escolha em Espanha e avisar as autoridades que não vive mais em seu país natal. Isso impede que você pague imposto em dois lugares diferentes. Outros informações que podem ser importantes na sua decisão:

  • O salário mínimo na Espanha é de 1.050€ por mês.

  • A Espanha passou por uma grande crise desde 2008 e lentamente está se recuperando.

  • O país possui uma das maiores taxas de desemprego da União Europeia.

  • A Espanha possui a segunda maior taxa de desemprego entre os jovens da União Europeia.

Devido a nova legislação de trabalho muitos empregos são de situação precária. Isso é pior para quem procura empregos que são afetados por essa nova medida em que deixa os trabalhadores em uma situação menos segura.

Apesar da Espanha ser um país com grande clima e boa culinária, pode não ser fácil conseguir se empregar no país. Ainda assim há muitas vagas nas tecnologias de informação e em serviços onde não é necessário uma formação universitária. Porque os jovens recém formados tem encontrado bastante dificuldade em entrar no mercado de trabalho. Por isso muitos jovens espanhóis tem viajado para outros locais da União Europeia, o que pode servir de aviso que o mercado de trabalho não está nas melhores condições.

Trabalhar na Espanha pode ser uma possibilidade viável, mas você deve saber se sua área de emprego está em alta ou em baixa no mercado espanhol. Desse modo você irá evitar perder tempo e dinheiro. A vida na Espanha pode ser muito boa, mas você precisa estar preparado para a situação atual do país.  


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.