text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como redigir uma Carta de Demissão

      
Carta de demissão
Carta de demissão

Em quase todas as situações deverá escrever uma carta de demissão. Isto é especialmente importante porque para efeitos legais, será a sua carta que iniciará a contagem do aviso prévio, estipulado em contrato de trabalho. No entanto, a carta de demissão não impede uma conversa sobre a situação com o seu chefe. Se não existe qualquer tipo de desavença, então o melhor será comunicar a sua opção. Tenha alguma empatia quando realizar esta conversa, pois ela poderá determinar uma saída “a bem” da empresa em que está. Como nunca sabemos o futuro, convém deixar sempre uma porta aberta. Isto também é especialmente importante porque nos dias de hoje as pessoas (e as empresas) facilmente conseguem comunicar entre si e passar uma determinada ideia de um trabalhador.  

Refletir bem sobre a opção de demissão

Antes de agir para a sua demissão deverá pensar bem nos prós e contras desta decisão. Por vezes podemos estar descontentes com algo acerca do nosso trabalho que, no entanto, poderá ser aperfeiçoado no sentido de melhorar a sua condição. Se assim for, tente outras opções antes de avançar com a demissão. Muitas vezes, poderá funcionar uma conversa com o seu chefe sobre o seu desconforto relacionado com alguma situação que esteja a decorrer.

Se, por outro lado, está mesmo determinado em demitir-se, então tenha em atenção os trâmites legais necessários para proceder dentro da lei – e evitar ressarcir monetariamente a sua antiga empresa, por causa da sua demissão.



Ter em atenção aos prazos de aviso prévio

Em primeiro lugar deverá ter em conta se é uma demissão com justa causa (como quando deixam de lhe pagar o ordenado) ou sem justa causa. Se for com justa causa poderá sempre anular o contrato de trabalho sem ter de dar um prazo ao seu empregador. Caso seja sem justa causa, deverá ter em atenção os seguintes prazos:


Contratos de trabalho sem termo

  •  Contratos com menos de 2 anos – 30 dias de aviso prévio;
  •  Contratos com mais de 2 anos – 60 dias de aviso prévio.

Cessação de contratos de trabalho a termo incerto

  •  Contratos com menos de 6 meses – 15 dias de aviso prévio;
  •  Contratos entre 6 meses e 2 anos – 30 dias de aviso prévio;
  •  Contratos com mais de 2 anos – 60 dias de aviso prévio.

Cessação de contratos de trabalho a termo certo

  •  Contratos com menos de 6 meses – 15 dias de aviso prévio;
  •  Contratos com mais de 6 meses – 30 dias de aviso prévio.

 

O que deve conter a sua carta de demissão

Em primeiro lugar, a sua carta de demissão deverá ser sempre enviada por correio com aviso de receção, esta é a forma legal de entregar a sua carta de demissão. Em seguida, mostramos alguns passos que o ajudarão a escrever a sua carta de demissão:

  •  Endereçar à Entidade Empregadora, com a informação do nome e morada
  •  Coloque como remetente o seu nome e morada
  •  Colocar um assunto: Rescisão de Contrato
  •  Informar acerca da rescisão, colocando a data a partir de qual começa o prazo legal de aviso prévio
  •  Esclarecer outros assuntos: valores relativos a subsídios, dias de férias…
  •  Despedir-se amenamente, sublinhando as qualidades do trabalho que realizou nessa empresa
  •  Assinar e assinalar a data em que redigiu o documento



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.