text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

As Saídas Profissionais em Ciência Política

      
A Ciência Política é um curso já bem estabelecido e reputado no ensino superior público e privado.
A Ciência Política é um curso já bem estabelecido e reputado no ensino superior público e privado.  |  Fonte: iStock

Os níveis de ensino em Ciência Política

A Ciência Política é um curso já bem estabelecido e reputado no ensino superior público e privado, o que justifica a oferta de especializações que percorrem o nível da licenciatura até ao mestrado e pós-graduação.


A especialização é inclusivamente vista como um bem necessário à inserção no mercado de trabalho, já que o estudante e futuro profissional em Ciência Política deve apurar competências nos vários planos de ação desta área académica: a carreira diplomática para ação internacional em órgãos de Estado, a Filosofia Política e História Contemporânea para o trabalho como analista ou consultor de relações internacionais, o Direito Internacional e o estudo das instituições para trabalho de ativismo e ação política no terreno.


A diferença entre Ciência Política e Relações Internacionais

Efetivamente existe a oferta em âmbito académico dos cursos em Ciência Política ou Ciência Política e Relações Internacionais. Muitas vezes os cursos confundem-se tanto a nível curricular como nos objetivos e saídas profissionais.


Tanto um como o outro compõem-se de disciplinas de: Análise Política Comparada, Direito Internacional, Direito Constitucional, Economia Política, História das Ideias Políticas, Métodos e Técnicas de Investigação, Política Internacional Contemporânea, Sistemas Políticos, Sociologia Política, Economia Internacional, Sociedade Civil e Movimentos Sociais, Políticas Públicas, entre outras.


No entanto, no plano conceptual, poderíamos designar a Ciência Política como a área académica que estuda o Direito, a História, as relações de forças e diplomáticas entre povos, metodologias de análise e investigação em relações políticas, o pensamento sobre regimes políticos e comércio internacional, o funcionamento de órgãos diplomáticos e políticos do Estado ou da sociedade civil. Ao passo que as Relações Internacionais podem ser vistas de um modo mais prático, como a área da ação diplomática, da negociação política em nome de causas, comércio ou estratégia e geoestratégia política, e do diálogo político de um modo mais lato.


No entanto, como vimos, é impossível dissociar uma da outra área, já que a Ciência Polícia e as Relações Internacionais têm propósitos comuns: a compreensão, análise, influência e ação política junto de atores externos, por fins determinados.


Hipóteses de emprego em Ciência Política

Sendo certo que a carreira diplomática é uma área particularmente exigente e exclusiva da Ciência Política, reservada aos melhores e a uma elite de candidatos, não deixa de haver boas oportunidades de emprego para todos os que se interessam em: carreiras políticas de assessoria na União Europeia, trabalhos de consultoria e análise para empresas de sondagens e opinião pública, empresas ou instituições públicas e não-governamentais ligadas à cooperação internacional, administração central e local, jornalismo político e assessoria de imprensa, em relações públicas ou comunicação corporativa.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.