text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Trabalhar como au pair - tudo o que precisas saber

      
Seres au pair é uma excelente forma de o estudares, viajares, e fazeres uns trocos simultaneamente.
Seres au pair é uma excelente forma de o estudares, viajares, e fazeres uns trocos simultaneamente.  |  Fonte: iStock

Vantagens de ser au pair


  • Uma nova experiência num lugar diferente

  • Oportunidade de conhecer e estudar num novo país

  • Oportunidade de juntar algum dinheiro (para fazer um ano sabático antes da faculdade por exemplo)

  • As tuas próximas viagens ao estrangeiro terão também a estadia assegurada através das amizades que vais fazer no círculo de au pairs que irás conhecer


Desvantagens de ser  au pair


  • Normalmente vais ter de pedir “autorização” para quase tudo o que quiseres fazer fora de casa (festas, aulas de yoga, jantares, às vezes mesmo uma tarde extra para estudar requer uma enorme capacidade de negociação com antecedência)


  • Se chegares a casa depois das 8 da noite vais ter de desenvolver a arte japonesa de entrar em casa sem perturbar as moléculas do ar, visto que qualquer barulho põe em risco a meia hora seguinte


  • As crianças vão ser absolutamente adoráveis na entrevista do Skype e vais pensar que tiveste uma enorme sorte na família que te calhou, mas prepara-te: porque o mais provável é haver dias e semanas em que o cansaço físico e o desgaste psicológico se vão apoderar de tie deixar-te à beira de um esgotamento emocional, tanto com as crianças como com os pais. É um trabalho com elevados níveis de stress e que requer um espírito de ferro e nervos de aço, quase como um controlador aéreo.


O que é preciso para  ser au pair?


Línguas


Para ser au pair convém saber falar inglês a um nível avançado ou outra língua em que possas comunicar com a família au pair. Se precisas de ajuda neste campo, investiga os cursos gratuitos de línguas disponíveis em várias plataformas web e durante 3 meses dedica-te a essa tarefa.


Inteligência emocional


Neste ponto da inteligência emocional tem em mente que às vezes comunicar com as crianças vai ser mais próximo de saber impôr limites em situações menos agradáveis sem nunca perderes o tacto da situação do que qualquer outra coisa, visto que esta é a grande base do trabalho de um au pair. Por exemplo, é quase certo que em algum momento te vai ser atirado um prato de esparguete à bolonhesa para cima num pico de grande galhofa entre irmãos, ou o grande festival diário de gritaria pré-banho, etc. 


Outras vezes, é muito importante, simplesmente, mostrares-te disponível para os ouvir. Não és a mãe nem o pai deles, mas o mais provável é que em algum ponto se estabeleça uma relação de afeto quase como um irmão ou irmã mais velhos, e por isso, se alguma coisa fora do normal te chamar a atenção ou achares que alguma questão, na escola por exemplo, merece mais importância, faz o teu melhor por tranquilizar a criança no momento e à noite tira um tempo para falar com os pais sobre o assunto. Às vezes só ouvi-los [às crianças], fazer um desenho com eles, ou dar-lhes um bom abraço, é o melhor que podes fazer na altura.

Responsabilidade


Para ser au pair terás de ter acima de qualquer outra coisa um grande sentido de responsabilidade e capacidade de trabalho. Lavar o carro, conseguir fazer almoçar, lanchar, e/ou jantar uma ou mais crianças diariamente (tão bem quanto possível), brincar com eles, levá-los à natação ou ao karaté, lavar a roupa, ir às compras, etc., são tudo tarefas com que poderás contar na tua agenda regularmente.

Salário de um au pair em Portugal


Um estudo realizado no início deste ano indica que o salário médio de um au pair em Portugal ronda os 350€ mensais líquidos,  sendo que este número pode variar entre os 50€ e os 600€ mensais, consoante um vasto número de factores que terão de ser acordados previamente (horário semanal de trabalho, número de crianças à tua responsabilidade, quais as tarefas domésticas de que estás encarregue, zona do país, capacidade de negociação, experiência, etc.). Nota que este número não contempla as despesas incluídas ao ter alojamento e alimentação gratuitos, o que faz bastante diferença no orçamento final. Assim, é conveniente examinar esta situação mais detalhadamente:


Por definição, um au pair ficará alojado em casa da família a quem presta os seus serviços, desta forma suprimindo a maioria das despesas fixas. Neste sentido podes acrescentar aos  350€ mensais 330€ de renda (por um quarto com despesas fixas incluídas), 150€ de alimentação ao final do mês (se ao pequeno almoço preferes um iogurte grego de frutos vermelhos e mirtilos do bosque com granola a acompanhar umas tostinhas de queijo de cabra seleccionado e um sumo de laranja em vez de um pão com manteiga e um café com leite, eventualmente poderás ter de comportar esse tipo preferências gourmet do teu salário).


Portanto, e fazendo um apanhado deste tema, pode concluir-se o seguinte: se ao vencimento médio de um au pair em Portugal acresceres as despesas que não vais ter em alojamento e alimentação, facilmente o número real pode chegar aos 830€ mensais.


Pro-tip: o site www.aupair.com é uma ótima plataforma para encontrares um emprego como au pair no caso de estares à procura.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.