text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ana Botín apresenta a Carta Universia Rio 2014 na XXIV Cimeira Ibero-americana de Chefes de Estado

      

A Presidente do Banco Santander e do Universia, Ana Botín, e uma delegação de reitores ibero-americanos, entre os quais António Bensabat Rendas, da Universidade Nova de Lisboa, entregaram a Carta Universia Rio 2014 ao Rei de Espanha, Felipe VI, ao Presidente do México, Enrique Peña Nieto, e à Secretária Geral Ibero-americana, Rebeca Grynspan, durante a Cimeira Ibero-americana de Chefes de Estado que teve lugar em Veracruz, no México.


ACarta Universia Rio 2014 “mostra o objectivo e o desejo da Universidade em converter-se num motor de desenvolvimento económico e social da região”, disse Ana Botín. Trata-se do documento de conclusões do  III Encontro Internacional de Reitores organizado pelo Universia no Rio de Janeiro, em Julho deste ano, que contou com a presença de 1.090 reitores de 36 países.

 

Os reitores reflectem neste documento dez tendências que estão a transformar a instituição universitária, e apresentam onze propostas de acção, relacionadas com a internacionalização, a digitalização, a relação universidade-empresa, a inovação e a responsabilidade social.

 

Ana Botín referiu que o Santander “assumiu o compromisso de destinar 700 milhões de euros a projectos universitários nos próximos quatro anos. 40% deste montante será destinado a bolsas de acesso de mobilidade nacional e internacional de estudantes e professores, 30% para fomentar a pesquisa, inovação e o empreendedorismo universitário e os restantes 30% para apoiar projectos académicos e iniciativas destinadas à modernização e incorporação das novas tecnologias na universidade”. E acrescentou que “é fundamental que os governos, as empresas e as universidades se comprometam a trabalhar juntos”.


Na sua intervenção, Felipe VI, Rei de Espanha, felicitou o Grupo Santander e o Universia “pela importante iniciativa, que contribui decisivamente para a criação e o desenvolvimento de um espaço ibero-americano do conhecimento e socialmente responsável”.


O Presidente do México, Enrique Peña Nieto destacou também “a iniciativa de Ana Botín, ao apoiar um amplo e generoso programa de bolsas para os jovens ibero-americanos por 700 milhões de euros durante os próximos quatro anos, continuando assim o trabalho e o compromisso social que distinguiu o seu pai, Don Emilio Botín, que tive a honra de conhecer”. Agradeceu ainda “a grande solidariedade do Banco com os jovens de toda a região”.
Neste momento, estão a ser elaborados programas conjuntos com a Secretaria Geral Ibero-americana, os diferentes governos, empresas e universidades, para aplicar as conclusões e as medidas da Carta do Rio.


A Cimeira contou com a participação dos seguintes Reitores: António Bensabat Rendas, da Universidade Nova de Lisboa; Alberto Edgardo Barbieri, da Universidade de Buenos Aires; Carlos Antonio Levi, da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Ignacio Sánchez, da Pontificia Católica do Chile; Marco Antonio Zago, da Universidade de São Paulo; Sara Ladrón de Guevara, da Universidade Veracruzana, e Manuel López, Reitor da Universidade de Zaragoza e presidente da Conferência de Reitores das Universidades Espanholas (CRUE).


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.