text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

20 estudantes macaenses do ensino secundárioaprendem português nos politécnicos portugueses

      
Logo CCISP
Logo CCISP  |  Autor: CCISP  |  Fonte: CCISP

Os institutos politécnicos portugueses preparam-se para receber 20 alunos finalistas de escolas secundárias luso-chinesas, para um curso intensivo em língua e cultura portuguesas. Ao longo de três semanas, estudantes macaenses irão frequentar formações intensivas nos Institutos Politécnicos de Castelo Branco e de Portalegre, no âmbito de um protocolo entre a Associação dos Institutos Superiores Politécnicos Portugueses e a Direção dos Serviços de Educação e Juventude, do Governo de Macau.

A visita decorre de 28 de julho a 16 de agosto, e pretende aumentar e valorizar os conhecimentos sobre a cultura portuguesa, junto dos estudantes finalistas do ensino secundário de Macau.

O programa da iniciativa, que tem lugar em Castelo Branco de 28 de julho a 6 de agosto, e em Portalegre, a partir de 6 de agosto até ao dia 16, integra formação em língua e cultura portuguesas, visitas locais (em Castelo Branco e Portalegre) e nacionais, a museus, monumentos e locais de interesse histórico e patrimonial, atividades desportivas, musicais e culturais.

A formação decorre todas as manhãs, com exceção dos dias de visitas culturais e dos fins-de-semana, totalizando 36 horas, e é da responsabilidade de um professor de Língua Portuguesa para Estrangeiros, que colabora com o Centro de Línguas do Instituto Politécnico de Castelo Branco. Lisboa, Évora, Vila Viçosa, Estremoz, Castelo de Vide, Marvão, Elvas, Campo Maior, Alter do Chão e Crato, são algumas das cidades e localidades que os alunos macaenses vão visitar.

O projeto envolve mais de uma dezena de docentes e monitores do IP de Castelo Branco e do IP de Portalegre, que vão acompanhar os 20 estudantes e dois docentes de Macau. Os jovens foram selecionados pelos Serviços de Educação e Juventude do Governo de Macau, de entre os alunos que têm como opção curricular a disciplina Língua Portuguesa.

A iniciativa decorre desde 2014, e envolve, de forma rotativa, dois institutos politécnicos portugueses por ano.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.