text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como escolher programas de voluntariado internacional?

      
Fazer voluntariado por si só já é uma ótima forma de desenvolvermos capacidades interpessoais e também capacidades técnicas.
Fazer voluntariado por si só já é uma ótima forma de desenvolvermos capacidades interpessoais e também capacidades técnicas.  |  Fonte: iStock

Definir os nossos objetivos

O primeiro passo para escolher um programa de voluntariado internacional é definir o nosso objetivo. Estes objetivos podem ser de foro pessoal ou profissional, contudo o que importa é garantir que sabemos o que queremos retirar da experiência. Alguns exemplos de objetivos seriam:

  • Desenvolver os meus conhecimentos numa área específica

  • Melhorar o curriculum

  • Ter contato com culturas diferentes

  • Viajar para um local que normalmente não visitaria

  • Conhecer novas pessoas

  • Ter uma oportunidade de fazer a diferença

Âmbito do Projeto

Estes dois tópicos estão relacionados e nem sempre surgem pela mesma ordem. Por vezes estamos claros da área em que nos queremos voluntariar enquanto que noutras vezes é claro o objetivo e o âmbito de acção do programa de voluntariado não será o fator primordial. Existem projetos de voluntariado internacional com diversos focos de acção:

  • Desenvolvimento da sociedade

  • Participação Democrática

  • Saúde

  • Proteção do Ambiente

  • Educação

  • Preservação das espécies

  • Resposta Humanitária a desastres naturais

  • Resposta Humanitária em zonas de guerra

  • Projetos relacionados com refugiados de guerra

  • Programas de Arte e Cultura

Destino

Os programas de voluntariado internacional podem decorrer em qualquer lugar no mundo, no entanto, poderemos estar mais ou menos receptivos a certas culturas ou realidades. Devemos também considerar as nossas experiências anteriores e ponderar o choque cultural que conseguimos aguentar. Na maioria destes programas os voluntários irão viver e trabalhar em condições bastante diferentes daquelas que encontram no seu dia a dia.

Por outro lado, para quem gostaria de conhecer e contatar com culturas específicas, o destino poderá ser o primeiro fator eliminatório.

Duração do programa

A duração dos programas é outro dos fatores a ter em consideração. A maioria dos programas internacionais tem uma duração limitada, que varia entre duas semanas a vários meses. Isto é, um programa de voluntário internacional pode inclusivamente ser adequado a quem se encontra no mercado de trabalho.

Investimento

Enquanto que alguns programas de voluntariado internacional são remunerados com uma pequena bolsa para fazer face às despesas do dia a dia, outros programas de voluntariado implicam um investimento para cobrir as despesas do voluntário dentro da organização.

Atividades a desenvolver

Dependendo da atividade pode ser necessário já ter alguma experiência, académica ou profissional, enquanto que para outras atividades será dada uma formação que permitirá o cumprimento com sucesso do programa. Assim, para quem procurar desenvolver competências técnicas ou currículo é importante garantir que as atividades a desenvolver serão úteis para o seu futuro.

Formação

Alguns programas de voluntariado incluem formação que poderá ser dada no país de origem ou no país em que decorre o projeto. A formação é uma excelente oportunidade de desenvolvimento e também é importante para garantir que os voluntários compreendem o projeto em que irão estar envolvidos, bem como as suas tarefas.

Entidade Organizadora

É muito importante confirmar que a entidade organizadora do voluntariado já existe há algum tempo ou que os seus elementos têm experiência com atividades semelhantes. Também é importante garantir que a organização tem uma boa reputação, pelo que se deverá fazer uma pesquisa detalhada sobre a mesma. É importante procurar por acidentes em edições anteriores ou associados a outros programas organizados pela mesma entidade, bem como garantir que há uma estrutura administrativa capaz de dar apoio e solucionar alguns problemas que surgem no terreno. Podemos entrar em contato com voluntários que já tenham trabalhado com a mesma organização ou então podemos entrar diretamente em contato com a organização para compreender o seu funcionamento e conhecer a sua estrutura.

Exemplos de Programas de voluntariado internacional

Podemos procurar os programas de voluntariado internacional nos sites de entidades que organizam este género de projetos ou então em sites agregadores de oportunidades para voluntariado internacional. Em baixo mostramos dois exemplos bastantes distintos e a informação que conseguimos retirar do anúncio.

Voluntariado na European Wilderness Society

Este é um programa de 12 meses para entusiastas pelo ambiente e natureza, interessado em trabalhar com uma equipa multidisciplinar, desde conservacionistas até marketeers. O programa decorre nos Alpes austríacos e apesar de haver auxílio para encontrar alojamento, este estará à responsabilidade do voluntário. No entanto haverá pocket money para despesas com alimentação e transportes.

Como é um programa Europeu, não será necessário um visto nem seguro de saúde para o voluntário. Contudo, o voluntário deve garantir que leva consigo o cartão de saúde europeu.

Voluntariado AIESEC na área da Saúde

Neste projeto os voluntários deverão ter um background na área da medicina, uma vez que o programa se centra na saúde materna e das crianças. O programa tem lugar no Uganda e dura 6 semanas. Durante as seis semanas os voluntários irão monitorizar e acompanhar grávidas e crianças, bem como realizar um trabalho educativo. Neste programa o alojamento está incluído, contudo a comida será a cargo do voluntário. Uma vez que o programa decorre no Uganda, os voluntários terão que garantir o visto de turista e o seguro de saúde.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.