text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Especial

Prevenir-se enquanto trabalha

      
Foto: International Journal of Human Factors and Ergonomics
Foto: International Journal of Human Factors and Ergonomics
Denis Coelho, professor na Universidade da Beira Interior, director do mestrado em Design Industrial Tecnológico e editor da revista International Journal of Human Factors and Ergonomics, deixa algumas dicas para potenciar a saúde e o bem-estar no local de trabalho.

Em termos ergonómicos, quais são as falhas mais comuns nas empresas?
É preciso começar por perceber uma coisa, se um escritório está bem ajustado para uma pessoa de dimensões médias, nem sempre isso significa que esteja ajustado a pessoas de outras dimensões. Por isso mesmo, devemos introduzir o maior número de adaptações de modo a acomodar estas diferenças. Não é apenas a altura do assento que deve ser ajustada, mas também a altura da secretária, dos apoios dos braços, a proeminência e altura do apoio lombar no encosto do assento e a altura e distância ao monitor.

Que impacto podem ter estes erros na saúde?
As doenças músculo-esqueléticas são a principal consequência dos erros cometidos no trabalho com computadores. Estas são designadas por Lesões Músculo-Esqueléticas Ligadas ao Trabalho (LMELT) e podem traduzir-se por síndroma do canal cárpico (inflamação dos tendões do pulso), tendinites nos membros superiores (ombro, braço, mão, dedos) e ainda lesões nos discos intervertebrais. Por outro lado, uma iluminação desadequada pode levar ao cansaço do aparelho visual e à degradação da acuidade visual.

Nos escritórios, a maioria dos trabalhadores passa várias horas sentado. Quais são os principais requisitos de um bom assento?
Uma cadeira de boa qualidade é essencial para o bem-estar do trabalhador. Esta deve ser almofadada e em tecido transpirável; ter apoios de braços ajustáveis, que se possam adaptar à altura do cotovelo da pessoa, e oferecer um bom apoio lombar, adequado à concavidade das costas.
Em termos de dimensão, esta deve acomodar confortavelmente a largura das ancas e o comprimento das coxas, permitindo a flexão confortável das pernas nos joelhos. A altura do encosto do assento deve atingir, pelo menos, o nível dos ombros do utilizador. Todas as cadeiras de um escritório e, se possível, as secretárias devem ser ajustáveis em altura.




Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.